Desejo:

Notícias






TODAS

15/10/2012

Em Madri, uma casa solar 100% brasileira

Compartilhe: 

Inspirado no mosaico cultural do Brasil, um grupo formado por estudantes e professores universitários brasileiros desenvolveu um protótipo de residência de energia zero para participar da competição Solar Decathlon Europe 2012, que acontece em Madri, na Espanha. A Ekó House foi concebida a partir de uma parceira entre a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade de Santa Catarina (UFSC), com a colaboração de UNICAMP, UFRJ, UFRN e IFSC. Antes de cruzar os mares para ser exibida na competição de casas solares autônomas, a residência pode ser conferida em montagem no IEE-USP, em São Paulo, onde ficará até o fim de junho.

Fachada da casa solar (Fotos: O Globo)

A casa tem 47 metros quadrados e conta com banheiro, quarto, cozinha, sala de jantar, área de estudos e sala de estar. Apesar das áreas definidas, o único ambiente separado do resto por paredes é o banheiro - os outros fazem parte de uma área integrada e são separados por elementos como persianas e portas de correr. Essa constituição foi concebida para um casal, podendo ser adaptada para casal com filhos. De acordo com Bruna Mayer de Souza, coordenadora de comunicação da equipe, a Team Brasil, a Ekó House foi concebida de maneira bem diferente quando comparada aos projetos convencionais brasileiros.

“Primeiramente, ela é uma residência de energia zero, que produz toda a energia necessária para seu funcionamento usando o sol como única fonte de energia. Para isso, a casa conta com painéis fotovoltaicos para produção de energia elétrica e tubos evacuados para energia térmica, através do aquecimento da água. O projeto busca também reduzir o gasto energético ao mínimo, através da maior eficiência possível, tanto nos equipamentos quanto na sua envoltória, projetada para diminuir gastos com iluminação artificial e condicionamento térmico”, explica Bruna.

Desenho da casa é inspirado na cultura brasileira

E as inovações não param por aí. A residência, construída com painéis de madeira, com isolamento de lã de vidro, é ainda desmontável, uma vez que tem que ser transportada para Madri para participação na competição. A casa também busca lidar com a água de maneira sustentável, por isso conta com captação de água da chuva, banheiro seco compostável (que dispensa o uso de água para descarga) e com tratamento dos demais efluentes através de um sistema de tanques com filtros constituído de plantas.

INSPIRAÇÃO NO BRASIL – A inspiração na cultura brasileira pode ser percebida em diversos aspectos. Nas varandas, por exemplo, que são muito comuns nas casas brasileiras como espaço de socialização e que atuam como zona de amortecimento para diminuição dos ganhos e perdas de calor da casa. Na parte interna, a integração da sala de jantar com a cozinha formando o principal espaço social da casa, também remete ao hábito brasileiro de se reunir em torno da cozinha. O uso de materiais, como a madeira e o bambu, que podem mudar de acordo com o local onde a casa é implementada, além de reduzir os gastos com o transporte, reforçam a associação com a cultura da região.

Predominância é de madeira

A estrutura da casa é formada principalmente por peças de madeira maciça certificada e placas de OSB (produzidas através do reaproveitamento de restos de madeira) que formam painéis estruturais com lã de vidro (que também é produzida a partir da reciclagem de vidro) em seu interior. Além disso é utilizado um isolante térmico de alto desempenho entre os painéis e o revestimento externo, composto de placas cimentícias. O alumínio, material reciclável de longa durabilidade, também é bastante utilizado na casa: na constituição da estrutura portante dos fotovoltaicos, da estrutura portante do deck e em várias outras estruturas da casa. O aço é utilizado na fundação da casa e em peças de ligação estrutural. As esquadrias são de PVC, que garante uma boa eficiência térmica e utiliza 30% de material reciclado para sua produção. Os vidros também são de alta eficiência, sendo duplos, com uma camada de gás em seu interior. Além disso, a casa foi concebida de modo a ser industrializável.

“A modernização da indústria da construção civil é necessária e urgente. Nosso objetivo é contribuir para o desenvolvimento de propostas nacionais de edificações eficientes e mais sustentáveis, reduzindo o prazo de construção, a produção de rejeitos, o ciclo de vida dos materiais, a geração local de energia e a redução do consumo energético durante o seu uso e a reutilização de materiais ao fim do ciclo”, encerra Bruna.


Fonte: Zap Imóveis Notícias

Outras Notícias

17/06/2013
Informativo Marcelo Lara
Orientações aos clientes da imobiliária devido aos horários diferenciados em dias específicos.

 


Transforme os ambientes levando a luz natural para dentro de casa
Dicas para iluminar o ambiente

 

23/10/2012
Itaim Bibi recebe 72 lançamentos e valoriza 126% em cinco anos
Ao todo, são 7.900 novos apartamentos, segundo pesquisa

 

23/10/2012
Gastos com habitação sobem 0,72% em outubro
Segundo IPCA-15, os preços dos alugueis residenciais subiram 0,51% este mês; já o condomínio apresentou alta de 0,29% no período

 

22/10/2012
10 casas dentro de caixas-d’água
Veja projetos que transformaram torres e reservatórios em casas confortáveis e estilosas

 

22/10/2012
Outlets de imóveis aproveitam o estoque do setor para oferecer descontos
Os compradores encontram imóveis em construção ou prontos para morar com até 30% de desconto

 

19/10/2012
Preços dos imóveis devem continuar subindo em 2013, dizem especialistas
Alta pode passar de dois dígitos, ao menos no primeiro semestre do ano

 

19/10/2012
Decoração pode acelerar a venda de imóveis novos e usados

 

18/10/2012
Mostra em SP reúne ambientes decorados de 25 artistas
Segunda edição da Mostra Mac SP reune até 20 de dezembro uma série de ambientes decorados para visitação

 

18/10/2012
Alugar ou financiar um imóvel?
Embora muita gente diga que é sempre melhor pagar algo que é seu - quando o assunto é imóvel - o aluguel também tem suas vantagens. Confira!

 

17/10/2012
Saiba como reduzir o consumo e o valor da conta de água

 

17/10/2012
Não há evidências de bolha imobiliária, afirma estudo da FGV
Estudo afirma que embora não haja provas concretas do fenômeno de bolha, a possibilidade também não pode ser descartada, sendo necessário continuar acompanhando os preços

 


Página 1 de 56. Selecione a nova página:

SIMULADORES DE
FINANCIAMENTO

  • santander
  • bb
  • caixa
  • real
  • bradesco
  • unibanco
  • itau
  • hsbc